Vitória arranca empate no fim, tira chance de Vasco entrar no G-7 e quase sai do Z-4

RESUMÃO

  • DESTAQUEDE TANTO INSISTIR…O Vasco vencia o Vitória por 1 a 0, gol de Breno, até os 46 minutos do 2° tempo da partida deste domingo, no Maracanã, válida pela 32ª rodada do Brasileirão. O resultado colocava o Cruz-Maltino no G-7. Mas a equipe carioca recuou demais, o Vitória tomou conta do jogo e, de tanto insistir, empatou nos acréscimos com André Lima.

     

  • DESTAQUEPANORAMAO resultado tirou a equipe baiana momentaneamente da zona de rebaixamento, mas o gol de empate do Sport com a Chapecoense também nos acréscimos fez o time comandado por Vágner Mancini fechar o domingo no Z-4. O Vasco, apesar de chegar à sua oitava partida invicto, segue em oitavo, fora da zona de classificação para a Libertadores. Clique aqui e confira a classificação completa.

     

  • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPOA perda precoce de Anderson Martins em razão de uma lesão na coxa não abalou o time do Vasco. Aos 9, Breno abriu o placar de cabeça, após cobrança de falta de Nenê. O Cruz-Maltino ainda teve outra chance de gol, com Mateus Vital aos 16. Mas depois disso, deixou o Vitória jogar. A equipe baiana passou a chegar com frequência ao ataque e quase empatou com Juninho, aos 42, mas Martin Silva fez boa defesa.

     

  • DESTAQUESEGUNDO TEMPOO Vasco praticamente abdicou de jogar na segunda etapa. Recuou, deu a bola para o Vitória e esperou para sair nos contra-ataques. A equipe baiana sufocou o Cruz-Maltino com bolas levantadas na área. De tanto insistir, chegou ao empate aos 46 minutos, com André Lima, após cruzamento de Patric.

     

  • DESTAQUEHERÓI DO EMPATEVelho conhecido da torcida vascaína, André Lima foi o o algoz do Cruz-Maltino na noite deste domingo. Entrou aos 18 minutos do 2° tempo para ser a referência na área do Vitória e foi o autor do gol de empate.

     

  • DESTAQUERETORNO E SUSPENSÃOApós longo período longe dos gramados, Luis Fabiano retornou ao Vasco neste domingo. Sua volta, porém, durou apenas um tempo. O atacante se estressou com Kanu no fim da primeira etapa, levou o amarelo que o tirou da próxima partida e ainda foi substituído no intervalo.

     

  • DESTAQUEDOIS MINUTOS EM CAMPOAnderson Martins ficou apenas 2 minutos em campo neste domingo. Logo após fazer uma boa antecipação e sair jogando com belo toque de calcanhar, o zagueiro Cruz-Maltino sentiu a coxa direita e precisou ser substituído por Paulão

     

  • DESTAQUE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *