Homem constrói foguete para se lançar no espaço e “provar” teoria da Terra plana

Mike Hughes, de 61 anos, possui alguns hábitos singulares. No próximo sábado (25), por exemplo, o norte-americano pretende se lançar no espaço em um foguete que ele mesmo construiu. Tudo com o objetivo de provar uma teoria da conspiração que alega que a Terra seria plana.

Hughes, que denomina a si mesmo como um “cientista autodidata”, está muito orgulhoso de sua invenção. De acordo com o portal britânico The Sun , ele acredita ser o primeiro homem a projetar, construir e lançar um foguete em toda a História.

Em sua garagem, o americano usou peças encontradas no lixo para fazer o projeto sair do papel. Todo o processo, que durou muitos anos, custou cerca de R$ 65 mil e agora, com todos os detalhes prontos, Hughes quer voar sobre a Terra e tirar fotos que, segundo ele, podem mostrar que o planeta não é redondo.

Em entrevista junto de um grupo terraplanista , o homem declarou que está preocupado e com um pouco de medo do que pode acontecer, porém, justificou dizendo que “nenhum de nós sairá deste mundo vivo”, segundo informações do  The Sun .

O “cientista autodidata” ainda aproveitou a oportunidade para deixar todas as suas motivações muito bem claras: ele tem certeza que a Terra não é um planeta esférico.

Leia também: Alemão esquece onde estacionou seu carro e o “reencontra” apenas 20 anos depois

“Não acredito em ciência”

Por mais que a história e a ciência já tenham certeza sobre a forma de nosso planeta – o que pode ser provado por meio de experimentos simples – algumas pessoas não acreditam nesta informação. Os chamados “terraplanistas” creem que a Terra, na realidade, possui formato plano.

Um dos apoiadores desta teoria da conspiração é o ‘astronauta’ Hughes, que além de recriminar o fato de que o planeta é plano, não acredita em nada do que é dito pela ciência.

“Eu sei sobre aerodinâmica, a dinâmica dos fluidos, mas isso não é ciência . Isso é apenas uma fórmula”, explicou. Para elucidar sua afirmação, ele completou dizendo que “não existe a menor diferença entre ciência e ficção científica”.

O lançamento de Mike Hughes está marcado para o próximo sábado (25), quando seu foguete deve alcançar a velocidade de 800 km/h durante um quilômetro e meio de percurso sobre a cidade fantasma de Amboy, na Califórnia. Estamos aguardando os resultados do “experimento”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *