APÓS ANUNCIAR SAÍDA DE FACÇÃO CRIMINOSA, JOVEM DESAPARECE E FAMÍLIA ACREDITA QUE ELA PODE ESTAR MORTA

Débora Freitas Bessa, de 19 anos, moradora do bairro Distrito Industrial, desaparecida desde as 13h30 da última terça-feira (9), pode estar morta, segundo as suspeitas família. Um Boletim de Ocorrência foi feito na Delegacia do bairro Tucumã e deve ser encaminhado à Delegacia de Homicídios para início das buscas.

Após a divulgação na rede social do desaparecimento da jovem, a família diz ter recebido várias ligações de moradores do bairro Caladinho, alertando que viram Débora ser arrastada por criminosos.

Ela teria pegado um mototáxi e saído de casa em direção à parte alta da cidade. Lá a moto teria sido abordada pelos criminosos, que assaltaram o mototáxi e Débora levaram arrastada para dentro do bairro.

A suspeita da morte da jovem se confirmou quando outras ligações foram feitas a a família na noite de ontem (10), e disseram que ela tinha sido esquartejada e enterrada em baixo de uma mangueira.

Ainda de acordo com a família, um registro foi feito na Delegacia do Tucumã e nesta quinta-feira (11), já seria destinada uma equipe para início das buscas pela jovem desaparecida naquela região.

Débora gravou um vídeo há algum tempo, dizendo que estava saindo da facção criminosa Bonde dos 13 e a suspeita é de que ela tenha sido assassinada pela facção rival, Comando Vermelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *