Rio Branco registra redução de 64% nos casos de dengue

O último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), mostra que as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti na capital tem sido eficientes. Os números apontam redução de 64% em relação ao mesmo período do ano anterior. Dados da Semana Epidemiológica – SE 51/2017, de 17 a 23 de dezembro do ano passado, mostram que foram notificados 1.909 casos de Dengue, sendo confirmados apenas 317. Em 2016 no mesmo período, eram 5.315 casos suspeitos.

De acordo com o boletim houve registro de casos em aproximadamente 28 bairros da capital, como o Belo Jardim, Calafate, Nova Estação e Sobral.
A coordenadora da Vigilância Epidemiológica da SEMSA,  Socorro Martins, destaca que a redução dos casos se dá graças a um conjunto de esforços que envolvem as ações desenvolvidas ao longo do ano, como as visitas de casa em casa feitas pelos Agentes de Endemias e os Agentes Comunitários de Saúde, com orientações e tratamento larvário, que é a eliminação de larvas em caixas d’água e outros recipientes, o constante monitoramento nas localidades e a Ação de Limpeza executada pela prefeitura por meio da SEMSUR, que retira lixo e entulho dos bairros, eliminando assim, os locais onde o mosquito pode se proliferar. Além disso a população tem ajudo muito cuidando dos quintais e dos locais que podem vir a ser criadouros do mosquito.
Casos registrados
Durante todo o ano, foram registrados 1.909 casos suspeitos de dengue dos quais, 317 foram confirmados, 1.475 foram descartados e 117 aguardam resultado de exame. Com relação ao Zika vírus, houve 200 casos suspeitos, 08 foram confirmados, 149 descartados e 43 esperam exames. No caso da Febre Chikungunya, houve 167 casos suspeitos, sendo que 26 tiveram confirmação, 131 foram descartados e 10 aguardam exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *