Após denúncia de Sinhasique, prefeito Marcus Alexandre será investigado pelo TCE

Após representação da deputada estadual Eliane Sinhasique (MDB) no Tribunal de Contas do Estado, Marcus Alexandre (PT) vai ser investigado por pagar, com dinheiro público, advogados que o defendem nos processos que apuram desvios de recursos públicos na obra da BR-364.

O processo do TCE, de número 24.227.2017-90, que investiga o Prefeito, foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (7).

Em novembro de 2017, Sinhasique protocolou representação pedindo investigação sobre o fato do prefeito ser defendido por advogados pagos com dinheiro do contribuinte. Baseada em provas obtidas no Diário Oficial, Sinhasique diz que, entre os anos de 2010 e 2015, o Deracre efetuou o pagamento de quase um milhão de reais para dois escritórios de advocacia particulares. Ao todo, R$ 916.306,55 foram usados dos cofres públicos.

“Marcus Alexandre usou dinheiro do Deracre para conseguir arquivar 38 dos 44 processos que responde. O montante é de quase um milhão de reais que deixaram de ser usados em máquinas e diesel para fazer ramais” denuncia.

Eliane ressalta que Marcus Alexandre, enquanto presidente do Deracre, deveria ter sido defendido por advogados da autarquia ou pela Procuradoria Geral do Estado.

Na representação, ela pedia apuração dos fatos, já que tais atos podem configurar improbidade administrativa

Post Author: Fabiano Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *