Jonas Lima negocia cargo na Junta Comercial para a filha com salário de R$ 17 mil

As desavenças entre o deputado petista Jonas Lima e a cúpula do seu partido parece que chegaram ao fim. Na semana passada o parlamentar teria anunciado numa reunião interna que deixaria a legenda porque teria perdido cargos na estrutura do Estado, em especial no Detran e no Deracre. O presidente do PT, Daniel Zen, confirmou o encontro, mas afirmou na época que o pedido oficial de saída ainda não havia sido protocolado.

Na última sexta-feira, 2, o prefeito de Rio branco, Marcus Viana, recebeu o deputado para uma conversa em seu gabinete, tentando convencê-lo a ficar. No encontro, ficou acertado que para que Família Lima continuasse no projeto da Frente Popular um cargo de destaque teria que ser dado a sua filha, a advogada Dienifan Lima.

O acordo foi selado nesta segunda-feira, 5, segundo publicação do Diário Oficial, que traz a nomeação da filha do deputado para o cargo Secretária-Geral da Junta Comercial do Estado do Acre – JUCEAC, com salário de R$ 17 mil. Ela vai substituir o servidor de carreira José Edson Figueiredo Dantas. A nomeação é assinada pelo governador Sebastião Viana.

No domingo, 4, a reportagem do ac24horas entrou em contato com o deputado. Ele negou as negociações e disse que inclusive que nunca teria declarado que saíria do PT. O parlamentar salientou ainda que não existia nenhum cargo negociado para a filha, o que contraia a publicação do Diário Oficial do Estado. Sobre o encontro com Marcus, Jonas disse que a reunião se tratou apenas de uma conversa para intermediar apoio de uma vereadora de Feijó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *