Moradores do bairro Remanso fecham acesso ao porto fluvial em protesto no município de Cruzeiro do sul

Moradores do bairro Remanso, em Cruzeiro do Sul, fizeram um protesto na manhã desta segunda-feira (5) e fecharam o acesso ao porto fluvial da cidade. Os manifestantes pedem melhorias nas ruas do bairro.

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Remanso, José Maria Lima, alega que tomou a decisão após ficar mais de um ano esperando que a prefeitura realizasse melhorias na parte de estrutura em diversas ruas do bairro.

Algumas delas, de acordo com Lima, estão intrafegáveis a vários meses. A rua interditada dá acesso ao porto fluvial e ao Terminal de Abastecimento da Petrobras. Os manifestantes dizem que só liberam a via após a presença de alguém da prefeitura no local.

A manifestação começou às 6h e os manifestantes dizem que não tem hora para terminar.

“Estamos a tempos pedindo melhorias ao prefeito. Tivemos várias reuniões desde janeiro do ano passado e até agora nada foi feito. Têm ruas que estão intrafegáveis. Estamos entrando no segundo ano do mandato do prefeito e ele só diz que vai fazer as coisas e não faz. Os problemas não existem só no bairro do Remanso”, afirmou lima.

O presidente do bairro falou ainda que o local escolhido para a manifestação foi devido à grande circulação de veículos.

“Temos um centro de informática construído na gestão anterior que está há mais de um ano fechado, sem serventia nenhuma. Fechamos a Rua Paraíba porque é uma rua importante no bairro e que tem muito tráfego de caminhões que fazem o transporte de cargas e combustíveis”.

Post Author: Fabiano Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *