CUIDADO: Bug no WhatsApp faz contatos bloqueados voltarem a mandar mensagem

WhatsApp passa por uma pane que faz com que usuários bloqueados possam enviar mensagens. O bug foi relatado por usuários de Android e iPhone nas redes sociais. Em resposta ao TechTudo, os responsáveis pelo aplicativo reconheceram a falha e disseram que estão trabalhando para “resolver” a questão.

Por ora não há informações oficiais sobre o que fazer para evitar que o problema aconteça. O principal efeito colateral é voltar a receber textos, fotos e vídeos de pessoas bloqueadas na lista de contatos do mensageiro.

Criadores do WhatsApp admitem que chat passa por problema (Foto: Reprodução / TechTudo)Criadores do WhatsApp admitem que chat passa por problema (Foto: Reprodução / TechTudo)

Criadores do WhatsApp admitem que chat passa por problema (Foto: Reprodução / TechTudo)

O bug foi avistado primeiro pelo perfil WABetaInfo, especializado em vazar informações sobre o aplicativo de chat. O dono da conta classificou a situação como “crítica”. Ele sugeriu o procedimento de desbloquear o contato e, na sequência, bloquear novamente a pessoa em questão. Não se sabe se o passo a passo efetivamente corrige o problema.

Ainda de acordo com o perfil, o problema parece ocorrer nos servidos do WhatsApp – a central de processamento de dados que direciona as mensagens entre os usuários.

“Repentinamente eu recebo a mensagem de uma pessoa que eu bloqueei. Como isso é possível?”, pergunta usuário (Foto: Reprodução / WABetaInfo)“Repentinamente eu recebo a mensagem de uma pessoa que eu bloqueei. Como isso é possível?”, pergunta usuário (Foto: Reprodução / WABetaInfo)

“Repentinamente eu recebo a mensagem de uma pessoa que eu bloqueei. Como isso é possível?”, pergunta usuário (Foto: Reprodução / WABetaInfo)

O WhatsApp não informou o prazo para que a pane seja corrigida. Também não se sabe o total de usuários afetados. No ano passado, o mensageiro celebrou a marca de 120 milhões de adeptos no Brasil, fazendo dele o app mais popular do país.

Com informações: WABetaInfo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *