Casa nova e veto do Real ao PSG: dono do 4-1-4-1, Casemiro chega à Seleção

seleção brasileira ficou completa nesta quarta-feira com as chegadas de Casemiro e Marcelo a Londres. Tricampeões com o Real Madrid. E o volante é a peça que poderia ter criado o esquema tático da equipe de Tite.

Isso é o que costuma dizer Matheus Bachi, auxiliar-técnico e tecnológico, e filho do treinador. Que o 4-1-4-1 foi feito para Casemiro executar a função com perfeição. O jogador se apresenta em estado de graça, com uma casa própria saindo do papel em Madrid, a possibilidade da extensão de seu contrato e um “não” de sua equipe à possibilidade de assédio do PSG.

Casemiro recebe o abraço de Zidane após o tri da Liga dos Campeões (Foto: Armando Babani/EFE)Casemiro recebe o abraço de Zidane após o tri da Liga dos Campeões (Foto: Armando Babani/EFE)

Casemiro recebe o abraço de Zidane após o tri da Liga dos Campeões (Foto: Armando Babani/EFE)

“Eu brinco que ao lado dele posso jogar até os 45 anos”, costuma dizer Marcelo, companheiro de clube e Seleção, em relação à proteção dada pelo volante às suas investidas ofensivas.

Sentindo-se mais à vontade do que nunca no Real, o volante deixará de morar de aluguel nos próximos meses. Está construindo uma casa em La Moraleja, bairro residencial que é o reduto mais tradicional de jogadores da equipe. Por lá residem Marcelo, Sergio Ramos – numa casa em que já viveu Ronaldo –, Modric, Benzema, entre outros.

A mudança tem a ver com a satisfação em defender o clube mais vitorioso do planeta, e também está relacionada à possibilidade de uma vida longa na capital espanhola. O Real Madrid pensa em estender o contrato de Casemiro, que vai até o meio de 2021.

Nos últimos meses, a direção não quis nem ouvir propostas do bilionário PSG. Os franceses, que já têm Neymar, Marquinhos, Thiago Silva e Daniel Alves, procuraram o agente do volante brasileiro. As conversas não andaram.

Na Seleção, Casemiro sustenta a condição de titular desde o primeiro jogo da era Tite, em agosto de 2016. Mesmo com a fase portentosa de Fernandinho. O técnico cogita escalar o meio-campista do Manchester City mais adiantado, mas não no lugar de Casemiro.

– Se tu pegar o 4-3-3 ou o 4-1-4-1 e disser: “Vou pegar um jogador para executar essa função”, esse cara é o Casemiro. Ele tem todas as virtudes necessárias para o sistema. Capacidade de preencher aquele lugar, cortar linha de passe, perceber o espaço entre as linhas, boa qualidade de passe. Falta um pouco de agilidade no movimento, por isso ele já fica um pouco na diagonal quando vai receber a bola na defesa – avalia Tite.

Casemiro marcando entre as linhas contra a Alemanha (Foto: Reprodução)Casemiro marcando entre as linhas contra a Alemanha (Foto: Reprodução)

Casemiro marcando entre as linhas contra a Alemanha (Foto: Reprodução)

Casemiro também tem o hábito de estar próximo dos melhores. No Brasil, sua trajetória na Seleção vem da base. Ele era um dos destaques do time campeão sul-americano em 2011, considerado o mais vistoso dos últimos tempos, comandado por Neymar e Lucas, hoje no Tottenham, que hospeda a Seleção em Londres na preparação para a Copa do Mundo.

No Real Madrid ele não deixa por menos. O idioma foi uma de suas conexões com Cristiano Ronaldo. Em seus primeiros meses no Santiago Bernabéu, o volante tinha todos os pés atrás para falar com o português. Hoje, brinca com o melhor do mundo como se fosse qualquer outro, e virou protagonista da célebre foto de todo embarque do time, com CR7 e Marcelo no corredor que leva ao avião.

CR7, Casemiro e Marcelo no embarque para a final da Liga (Foto: Reprodução / Instagram)CR7, Casemiro e Marcelo no embarque para a final da Liga (Foto: Reprodução / Instagram)

CR7, Casemiro e Marcelo no embarque para a final da Liga (Foto: Reprodução / Instagram)

Isso tudo sob a batuta de Zinedine Zidane, que fez um “suspense” até transformar Casemiro em peça-chave de seu sistema.

– Quando Zidane chegou, a primeira coisa que passou pela minha cabeça foi que eu havia estado um ano com ele (no Real Madrid B), e ele sempre confiou em mim, sempre foi espetacular comigo, então eu jogaria sempre. E não joguei as primeiras cinco partidas. Eu fui falar com ele, e a única coisa que ele disse foi: “Siga trabalhando como está que terá sua oportunidade, e tenho certeza que não vai desperdiçar – disse o brasileiro em programa veiculado na TV do Real Madrid.

Depois de ganharem folga de três dias, Casemiro, Marcelo e Firmino se apresentam para o almoço em Londres, nesta quarta-feira. E daí para frente, Tite terá, enfim, os 23 escolhidos para tentar o hexacampeonato mundial na Rússia.

Post Author: Fabiano Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *