Deputada petista admite que o próximo governador vai precisar de um ano e meio para organizar a casa

A deputada Leila Galvão (PT) fez um discurso desastroso do ponto de vista político para o governador do Acre, Sebastião Viana (PT) na manhã desta terça-feira (7), na tribuna da Aleac. No afã de defender os feitos da atual administração e demonstrar apoio à candidatura de Marcus Viana (PT) ao governo, Leila Galvão afirmou que o próximo gestor que sentar na cadeira do Pode Executivo precisará de um ano e meio para organizar a casa e começar a administrar o Estado.

A petista destaca que são vazias as promessas de Gladson Cameli (Progressistas), quando ele promete a solução para problemas como o da segurança e das obras paradas num curto espaço de tempo. Para Leila Galvão, “não dá para resolver o problema da infraestrutura no Acre. Quem assumir vai precisar de pelo menos um ano e meio para organizar as coisas”, ressalta a defensora de Sebastião Viana.

Leila Galvão exalta o projeto da Frente Popular do Acre (FPA) enfatizando o que ele classifica como conquistas de 20 anos do PT à frente do governo do Acre em diversas áreas, mas em levantamento realizado recentemente ficou evidente que o governador Sebastião Viana não cumpriu 21 das 25 promessas que registrou em seu plano de governo na Justiça Eleitoral quando se candidatou à reeleição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *