Perigos envolvendo o sol que preocupam a humanidade

O nosso mundo só funciona por causa de uma série de coisas e um dos principais responsáveis pela vida é o Sol. A grande estrela tem um imenso impacto em todas as facetas da vida em nosso planeta. A enorme fonte de calor ocupa um espaço no centro do Sistema Solar, sendo assim, todos os 8 planetas que compõem o sistema giram em torno dele. A bola quente e brilhante de gás influencia toda a vida na Terra, além de desempenhar um papel extremamente importante nas condições de existência dos demais planetas. Muitas culturas o adoram como um deus por razões plausíveis, pois sem o mesmo, nenhuma vida existiria.

No entanto, o Sol também esconde vários segredos e até perigos. Os cientistas estudam diariamente esses perigos que amedrontam toda a humanidade e nós trouxemos alguns deles para você, caro leitor. Nós, da redação Fatos Desconhecidos, buscamos e listamos alguns perigos envolvendo o Sol que mais preocupam a humanidade. Se você souber de algum outro que não listamos, manda pra gente nos comentários aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco e surpreenda-se.

1 – Radiação UV

O esgotamento da camada de ozônio em nossa atmosfera oferece um grande perigo. Os níveis prejudiciais de radiação ultravioleta que é emitida pelo Sol bombardeiam com frequência o nosso planeta. Esse tipo de radiação é responsável por muitas doenças, incluindo o envelhecimento prematuro, catarata, câncer de pele e até problemas no sistema imunológico dos seres humanos. Isso assusta ainda mais quando lembramos que o esgotamento da nossa camada protetora fez com que os casos de câncer de pele aumentassem nos últimos 30 anos.

2 – Foguetes Solares

Uma explosão solar é um evento intenso e que libera muita radiação da superfície da estrela. Essas chamas se dão pela liberação de energia magnética e são, na verdade, alguns dos maiores eventos explosivos que acontecem no Sistema Solar. A NASA afirma que uma explosão solar não pode danificar a Terra, mas pode alterar temporariamente a atmosfera superior. Isso seria capaz de atrapalhar a eletrônica no nosso planeta, incluindo o serviço dos satélites e tecnologias similares.

3 – Ejeções de Massa Coronal

Essas são explosões solares que geram nuvens de plasma saindo da estrela. Elas podem entrar em erupção e seguir em frente nessa direção após a erupção. As ejeções carregam bilhões de toneladas de matéria e podem acelerar, movendo-se a vários milhões de milhas por hora, o que é bastante amedrontador. Os cientistas da NASA dizem que esses eventos não podem atingir a Terra, mas temem por causa do mundo estando cada vez mais eletrônico. Eles temem os efeitos que esses fenômenos solares possam ter em nossa infraestrutura tecnológica. As ejeções poderiam, com o tempo, atingir a Terra e perturbar de forma extrema o nosso sistema eletrônico.

4 – Tempestades Geomagnéticas

A maior tempestade solar da história moderna foi registrada por cientistas em 1859. O evento foi chamado de Carrington. Foi um marco histórico, pois as luzes podiam ser vistas em vários países do mundo. Não tinha muita tecnologia na época, então não ofereceu grandes riscos. No entanto, os pesquisadores afirmam que uma tempestade dessa magnitude na era atual poderia paralisar a vida moderna, pois interromperia as comunicações, afetaria os satélites e até mesmo derrubaria a rede elétrica. Alguns dizem que o evento seria capaz de paralisar alguns satélites por até uma década.

5 – O Sol Evapora o Abastecimento de Água

O Sol está atualmente no estágio de seu ciclo de vida, onde é classificado como a estrela de sequência principal. Nessa fase ele gasta seu tempo convertendo o hidrogênio em hélio. A boa notícia é que o Sol, com esse estágio, poderá durar por mais, pelo menos, 4,5 bilhões de anos. A má notícia é que, como ele queima hidrogênio, ele aumenta seu brilho cerca de dez por cento a cada bilhão de ano. Um aumento de 10% seria capaz de mudar muita coisa no Sistema Solar, causando grandes catástrofes em nosso planeta. Esse aumento seria capaz de evaporar por completo os nossos oceanos.

6 – Oceanos Fervendo

Há especulações a respeito do que aconteceria se o Sol evaporasse os oceanos. Os cientistas acreditam que, conforme a água vá evaporando, mais água ficará presa em nossa atmosfera. Isso criaria várias fases do efeito estufa que aprisionaria ainda mais calor na nossa atmosfera, fazendo a água evaporar cada vez mais rápido. Eventualmente, os oceanos começariam a ferver e o ciclo continuaria até que tudo estivesse totalmente seco e a temperatura extremamente alta.

7 – O Sol Tira a Água da Atmosfera

Enquanto houver água na atmosférica, haverá esperança para os seres humanos e para a vida como um todo. No entanto, à medida que o Sol continua sua transformação, a água vai saturando e a atmosfera é bombardeada pela energia solar. Isso faz com que as moléculas se separem, permitindo que a água escape da atmosfera como oxigênio e hidrogênio. O Sol está sugando a água da atmosfera pouco a pouco.

Post Author: Fabiano Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *