EITA! China vai enviar dois robôs para lua em dezembro

 

Será, se tudo correr bem, a primeira missão a fazer uma alunagem suave (aterragem controlada) no lado escuro da Lua. A missão Chang’e-4 transportará um módulo de alunagem e um veículo para explorar a superfície do lado oculto da Lua (lado mais distante da Terra).

Apesar de o lançamento estar planeado para dezembro, a missão já começou em maio quando a China lançou um satélite, batizado Queqio, que vai permitir a comunicação entre a base terrestre e o Chang’e-4. O satélite é considerado indispensável porque não é possível comunicar diretamente com o lado oculto da Lua.

A alunagem deverá acontecer na cratera Von Karman, com um diâmetro aproximado de 180 km. Este módulo vai transportar uma carga variada, incluindo sensores e sistemas de registo de diferentes países, incluindo Alemanha, Holanda e Suécia. Mas as duas principais missões são compreender melhor a história geológica da Lua e testar a tecnologia para futuras missões – recorde-se que a China já indicou que pretende enviar uma missão tripulada à Lua. Há ainda um objetivo complementar: verificar a viabilidade de se instalar um telescópio na superfície oculta da Lua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *