Polícia Civil prende homem acusado de três homicídios no interior do Acre

 

A Polícia Civil em parceria com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam na tarde de quarta-feira (6) o foragido Máximo Feijó de Souza, vulgo “caçula”, ele é acusado de três homicídios ocorridos no município de Acrelândia, no interior do Acre.

A apresentação do preso aconteceu na tarde desta quinta-feira (7) na Delegacia de Investigações Criminais no bairro Cadeia Velha, em Rio Branco.

De acordo com o Delegado Samuel Mendes, responsável pelas investigações, Máximo estava com cinco mandados de prisão em aberto e estava foragido a mais de 1 ano. Além de responder pelos crimes de homicídios, responde também pela prática de roubo.

“Fizemos um serviço de inteligência, a delegacia de Acrelândia entrou em contato com a delegacia de homicídios e proteção à Pessoa (DHPP) na capital, trocamos informações e até que descobrimos a localização do foragido, que foi preso enquanto visitava uma filha em um hospital em Rio Branco. É um homem perigoso e além de responder por homicídio, responde por roubo e organização criminosa”, foi mais uma ação da Polícia fazendo a integração das Delegacias da capital com interior, resolvendo mais uma situação de homicídio, tirando de circulação um homem em conflito com a lei”, disse o Delegado.

“Caçula” já foi interrogado pela justiça e será encaminhado ao presídio Francisco d’Oliveira Conde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *