Rio chega a 13,74 metros e prefeitura decreta estado de emergência em Cruzeiro do Sul

As águas do Rio Juruá continuam com força em Cruzeiro do Sul e o nível do manancial, que chegou a 13,74 metros na tarde desta quinta-feira (7), obrigou a prefeitura da cidade decretar situação de emergência devido à cheia.

A cota de alerta do Rio Juruá é de 11,80 metros e a de transbordo é de 13 metros. Ao todo, 28 famílias estão desabrigadas. Algumas em abrigos públicos, outras em casas de parentes e até em aluguel social. A medida foi tomada após o nível ultrapassar 9 centímetros da cota de emergência, que é de 13,65 metros.

As famílias desalojadas estão sendo levadas para um abrigo coletivo no ginásio Alailton Negreiros onde recebem toda assistência da prefeitura.

Segundo o prefeito em exercício, Zequinha Lima, o decreto de estado de emergência tem a finalidade de mobilizar o governo federal para disponibilizar recursos para ajudar na assistência às famílias afetadas pela enchente.

Prefeitura de Cruzeiro do Sul decretou estado de emergência nesta quinta-feira (7) — Foto: ReproduçãoPrefeitura de Cruzeiro do Sul decretou estado de emergência nesta quinta-feira (7) — Foto: Reprodução

Prefeitura de Cruzeiro do Sul decretou estado de emergência nesta quinta-feira (7) — Foto: Reprodução

“É uma situação preocupante, mas já estávamos prevendo isso e nos preparamos de forma antecipada para evitar ao máximo os transtornos para essas famílias que terão total apoio nesse período. Como há uma tendência de elevar ainda mais o nível e já atingimos a cota de que podemos decretar estado de emergência, tomamos essa medida para acionarmos os nossos parlamentares e a esfera federal para que possamos solicitar ajuda e termos as condições necessárias para diminuir o sofrimento dessas famílias”, informou o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *