Reforma da Previdência trata igualmente gari e deputado, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem que governo propôs uma reforma da Previdência que vai “em cima” de quem ganha mais.

“Vai igualar o deputado ao gari. Essa história de que a Previdência ataca os pobres não é verdade, não é o que está na nossa reforma”, disse Guedes, em seminário organizado pelos jornais O Globo e Valor Econômico. 

O ministro afirmou ainda que não tem temperamento ou pretensão de ser coordenador político. “Eu não tenho a pretensão de ser coordenador político. Vocês viram meu desempenho lá. Não tenho bom temperamento para fazer essa função”, afirmou, em referência à audiência pública na Câmara, na semana passada, que terminou em bate-boca.

Guedes disse que vai fazer o dinheiro “sair do chão” para organizar as contas públicas em 2019. Segundo o ministro, os bancos públicos terão que devolver recursos para a União neste ano e esse dinheiro será usado para abater o déficit primário.

“Meta para o BNDES: devolver R$ 126 bilhões neste ano. Teremos mais R$ 80 bilhões de privatizações. Vem mais R$ 80 bilhões de uma coisa chamada instrumentos híbridos”, disse.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *