Gladson Cameli diz que pode decretar Calamidade Financeira no Acre

O governador Gladson Cameli (Progressistas), confirmou na manhã desta quinta-feira, 9,  que o Estado do Acre poderá decretar Calamidade Financeira caso o congresso nacional não aprove a reforma da previdência proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) nos próximos meses.

O chefe do Palácio Rio Branco afirmou que somente este mês desembolsou dos cofres públicos mais de R$ 40 milhões para honrar com os custos do Instituto Acreprevidência, órgão responsável por gerir as aposentadorias dos servidores públicos do Acre.

“Se não aprovarem a reforma, eu não tenho como aguentar mais”, disse o governador que desde quarta-feira, 7, está em Brasília. Durante em uma de suas agendas, o Cameli tomou café com o presidente Jair Bolsonaro e o assunto do encontro do a reforma da previdência. Junto com ele, governadores de 22 Estados também compareceram ao encontro com intuito de hipotecar apoio a reforma e também trabalhar para influenciar as bancadas federais para votar favorável ao projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *