Prefeito do município de Senador Guiomard é acusado de ameaçar morador da cidade com arma de fogo

O prefeito do município de Senador Guiomard, Gilson da Funerária (Progresssistas), foi acusado, em boletim de ocorrência na delegacia da cidade, de tentar atropelar o morador Eduardo de Souza Bandeira. O fato ocorreu na tarde desta quinta-feira (16). Segundo a queixa, o prefeito ainda o teria ameaçado com uma pistola.

Bandeira contou na delegacia que trafegava em sua motocicleta quando, em uma determinada rua de Senador Guiomard, foi fechado pelo prefeito, que dirigia um carro modelo Cobalt. A suposta vítima disse que conseguiu evitar a colisão.

Ainda segundo a denúncia, o prefeito Gilson da Funerária, não satisfeito, ainda teria perseguido Bandeira e o alcançado em um cruzamento.

De acordo com o relato, foi então que Gilson da Funerária saiu do veículo e sacou a arma da cintura, e com ela encostada no abdômen da vítima, a ameaçou de morte.

Gilson da Funerária não foi encontrado pela reportagem do Diário do Acre para comentar a acusação.

Eduardo Bandeira, por sua vez, afirmou estar surpreso com a atitude do prefeito, garantindo ainda não fazer ideia do motivo que levou o gestor municipal a agir de forma tão violenta.

Veja a seguir cópia do boletim de ocorrência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *