Os surpreendentes benefícios das azeitonas para a saúde

Subestimada por alguns e desprezada por muitos, a azeitona leva uma fama ingrata. Taxada de “calórica” e “gordurosa”, ela é, muitas vezes, um dos alimentos que se orienta evitar na dieta. Mas isso tudo pode ser uma grande injustiça.

De fato, a azeitona é rica em gorduras, mas estas gorduras são “boas” – ou seja, são essenciais para nosso corpo.

Consumida na quantidade moderada, a azeitona faz bem para a saúde, com benefícios que vão desde vitaminas e minerais até o combate ao câncer. O site HealthLine enumerou alguns destes benefícios:

                                              © luigi giordano via Getty Images

Vitaminas e minerais

Cerca de 80% da azeitona é água. Ela tem diversos minerais e vitaminas importantes: ela é rica em cálcio, sódio, vitamina E, ferro e cobre.

Gorduras “boas”

Sim, ela é “gordurosa”. Uma porção de 100 gramas de azeitonas tem cerca de 10 gramas de gordura. Mas a maior parte dessa gordura é o ácido oleico, que é um ácido graxo associado a vários benefícios para a saúde, como diminuição da inflamação, redução de doenças cardiovasculares e diminuição do risco de câncer.

Fibras

Cerca de 5% da azeitona é carboidrato. Mas a maior parte disso é fibra: 80% do total de carboidratos presentes na azeitona são fibras.

Fibras são importantes para o nosso intestino e ajudam a manter a saciedade.

Antioxidantes

Além de fibras, vitaminas e minerais, a azeitona é rica em antioxidantes, que ajudam a reduzir inflamações, combatem os radicais livres e combatem o câncer.

Coração

Por ter gorduras “boas”, a azeitona pode reduzir o risco de pressão alta e outros fatores ligados às doenças cardiovasculares.

Saúde dos ossos

Osteoporose é caracterizada pela diminuição da massa óssea e qualidade dos ossos. E isso pode acarretar em fraturas e acidentes.

Mas, surpreendentemente, os níveis de osteoporose são bem mais baixos nos países do Mediterrâneo, como Espanha, Itália e Portugal. Além de uma dieta rica em vegetais e peixes, outros alimentos auxiliam nesta estatística: o azeite de oliva e seu componente principal, a azeitona.

Componentes presentes tanto no azeite quanto na azeitona parecem combater a perda de massa óssea. Foi o que indicaram alguns estudos sobre a azeitona.

É bom saber…

Apesar de ser uma ótima fonte de nutrientes e gorduras essenciais para o corpo, o consumo de azeitona deve ser moderado, uma vez que a fruta é rica em sódio (principalmente pela conserva) e calórica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *